Quem sou eu

Minha foto
Sou educadora e uso este espaço para escrevinhar, refletir e me pronunciar. Escrevo porque escrevo e basta.

Sente conosco,vamos tomar um cafezinho ou chá?

Vamos fazer desse espaço uma gostosa varanda,com espaço e calor humano para juntos trocarmos idéias?
Seja bem vindo(a)!

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Qual o gênero que faz o seu tipo?

No último encontro que tivemos no abençoado Laboratório da Faculdade de Tecnologia, começamos a nos debruçar sobre a discussão dos gêneros e tipos textuais. Experimentamos navegar pelos blogs dos colegas e ressaltamos a necessidade de formarmos de fato uma rede que una os formadores, os tutores, os cursistas e os alunos dos cursistas.
Fizemos uma incursão rápida e panorâmica pelos diversos gêneros textuais e discutimos a função social de alguns deles.
Senti apenas falta do restante do grupo, cada um motivado por algo não pôde comparecer dia 09 de maio. Uma pena!!
Mas de qualquer forma vou cumprir com a parte do meu acordo: disponibilizar todos os links que recebi e os que não recebi por email estou aguardando para ontem. Vou passar em cada blog e postar meu comentário e espero o mesmo de vocês.
Assim, fica a pergunta: Qual gênero que faz o seu tipo?

domingo, 23 de março de 2008

Kiwi - um salto em busca...

http://www.youtube.com/watch?v=g0G9vDKcdLg

Oralidade e ensino da língua portuguesa

Caros colegas,

no nosso encontro do dia 14 de março de 2008 discutimos o papel da oralidade na formação da identidade do sujeito. Não cabe a nós professores de língua materna ensinarmos a falar,mas cabe a nós favorecermos a construção do discurso de cada um dos nossos alunos. Como cada um deles se pronuncia e anuncia com a fala e com o corpo o seu ser e estar no mundo.
Vimos também que não há nada de novo nessa discussão,mas há um fazer que ainda é incipiente na nossa prática pedagógica, e começamos juntos a pensar sobre o lugar da fala/discurso nas nossas salas de aula.
Precisamos sem dúvida, analisar o material didático que utilizamos e em que medida esses livros de fato proporcionam uma discussão,um pensar sobre o lugar do discurso e a construção da identidade nossa e dos nossos alunos. Quem dizemos que somos? Quem são nossos alunos, a partir do que dizem? Quem sou eu e quem é você?
Vejam o vídeo que disponibilizo aqui no blog e pensem um pouco sobre a palavra pronunciada.
Depois aprofundem o assunto e busquem leituras sobre isso.

beijo carinhoso

Rita

quarta-feira, 12 de março de 2008

A nossa postura como educador é sempre a espreita e a procura

Primeiro encontro com o grupo no CFORM

Quando conheci o grupo de tutores com o qual iria trabalhar durante o primeiro semestre de 2008 no CFORM, tive uma grata surpresa: éramos todos educadores preocupados com o trabalho pedagógico que desenvolvíamos nas nossas salas de aula.
Cada um a seu modo compartilhava da imensa vontade de colaborar com uma educação de qualidade na escola pública.

Vídeos sobre educação e ensino

Loading...

Como foi escolhido o livro didático que você trabalha?